Presidente
Agenda

Facebook

Youtube

2.ª Reunião de Câmara extraordinária | 21.02.2019

ver mais vídeos

flickr

Fotos

Link para a página da Autarquia no Flirck onde são apresentadas e categorizadas as fotos referentes a iniciativas e eventos levados a cabo pela Autarquia.

Ver Fotografias

Obras do futuro Lar de Altura seguem a bom ritmo

PUBLICADO EM:12 de fevereiro

O futuro Lar de Altura recebeu ontem a visita diretora de Segurança Social do Centro Distrital de Faro, Maria Margarida Alves, acompanhada pelo presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Francisco Amaral, e pelo dirigente da Associação cegonha Branca, responsável pela obra, Amadeu Chaves.

A construção do Lar de Altura, que se prevê que seja finalizada em maio deste ano, foi retomada no final de 2017, depois de estar parada por 10 anos. A resolução da Associação Cegonha Branca, com o total apoio da Câmara Municipal de Castro Marim, vê agora chegar a bom termo um antigo sonho.

Em termos financeiros, depois da doação do terreno por parte do Município de Castro Marim e de um empenhado processo de licenciamento do Lar e Centro de Dia de Altura, em que o Município de Castro Marim garantiu todo o apoio técnico, esta obra representa um investimento de cerca de 1.900.000 euros, estimando-se que a autarquia contribua com cerca de 450.000 euros, em função das disponibilidades orçamentais.

Este projeto nasceu da identificação de um dos maiores problemas do concelho, segundo o Diagnóstico Social de Castro Marim, a resposta social para idosos. O isolamento, associado ao aumento da esperança média de vida, o crescimento de formas de organização familiar atípicas, ou mesmo a diminuição verificada nas redes formais ou informais de solidariedade, constituíram o enquadramento que deu origem à Associação Cegonha Branca e ao projeto do Lar de Idosos na freguesia de Altura, segundo o presidente da instituição, Amadeu Chaves.

O Lar e Centro de Dia de Altura será constituído por 26 quartos, 6 individuais, 15 duplos e 5 triplos, com capacidade total para 51 utentes residentes (unidade funcional até 60 residentes). A valência contará também com gabinete médico e de enfermagem, sala de movimentação, salas de atividades ocupacionais, salão de estar e bar, sala de refeições, cabeleireiro, piscina interior, com vestiários e duches, e jardim. Está prevista a criação de 25 a 30 postos de trabalho.

   Câmara Municipal de Castro Marim       Algarve 21 - Programa Operacional       Qren - CCDR-A       União Europeia